Pé de Moleque

Pé de Moleque

Receita de Pé de Moleque, aprenda como fazer o famoso pé de moleque que é um doce típico da culinária brasileira, feito a partir da mistura de amendoim torrado com rapadura.

Pé de Moleque

Pé de Moleque

Xtudoreceitas
Receita de Pé de Moleque, aprenda como fazer o famoso pé de moleque que é um doce típico da culinária brasileira, feito a partir da mistura de amendoim torrado com rapadura. Pé de Moleque é extremamente popular no Brasil. A cidade de Piranguinho no sul do estado de Minas Gerais é famosa pela produção artesanal do tradicional pé de moleque mineiro, a qual tem como lema ser a capital nacional do pé de moleque. Piranguinho ainda tem se destacado no cenário nacional, através festa do maior pé de moleque do mundo, que já faz parte do calendário cultural de festividades do município. Receita de Pé de Moleque
Tempo De Preparação 20 minutos
Tempo Do Cozinheiro 20 minutos
Tempo Total 40 minutos
Curso Doces
Cozinha Brasileira
Porções 12
Calorias 280 kcal

Ingredientes
  

  • 1 xícara chá de açúcar
  • 2 xícaras de melado de cana
  • 1 colher sopa de manteiga
  • 1 colher sopa de gengibre ralado
  • ¼ xícara chá de água
  • ½ kg de amendoim torrado sem pele

Instruções
 

  • Leve ao fogo o açúcar, o melado, a manteiga, o gengibre e a água.
  • Deixe ferver até ficar em ponto de bala mole (pingue um pouco em um prato com água fria; aperte com a ponta dos dedos, se formar uma ‘bala mole’ está no ponto).
  • Junte o amendoim e vá mexendo sem parar, até aparecer o fundo da panela.
  • Retire do fogo e bata bem.
  • Despeje em mármore untado e corte em losangos.

Notas

O pé de moleque surgiu em meados do século XVI com a chegada da cana-de-açúcar à Capitania de São Vicente, trazida pelo navegante Martim Afonso de Sousa.
Nas regiões sul e sudeste do Brasil, o pé de moleque é um doce bastante relacionado às culturas caipira “QUEBRA DENTES” e na versão açoriana com mel de abelhas, mais delicado, e também mais caro, devido ao preço do mel de abelhas, e se relaciona ao pé de um moleque. Em outras regiões do Brasil, o doce sofre variações, com mistura da GARAPA AO MEL DE ABELHAS, nos ingredientes de sua fórmula. Na região nordeste do Brasil, em estados como Pernambuco e Alagoas, o pé de moleque é um bolo que faz parte da culinária junina, sempre que possível triturado ou servido na forma líquida, devido a GARAPA, ele também pode ser feito na base de massa de macaxeira acrescido de outros ingredientes como café, castanha, cravo, erva-doce entre outros,(em forma de bolo) sempre com o objetivo de quebrar a resistência da GARAPA.
Este pé de moleque é preparado com massa puba (massa de macaxeira que passou pelo processo de fermentação), açúcar, ovos, manteiga ou margarina, coco ralado e leite.
Após serem misturados todos os ingredientes, a massa é colocada em porções geralmente ao comprido e enrolada na folha verde da bananeira, e em seguida é assada no forno.
Finalmente, deve ser diferenciado de outros doces similares mas que não usam os mesmos ingredientes ou métodos tradicionais como a paçoca doce (que não é cozida), o gibi, o doce de leite com amendoim, o pé de moleque branco (que utiliza bicarbonato de sódio), etc.
Palavras-chave amendoim, caseiro, doce, pé de moleque, receita

Pé de Moleque é extremamente popular no Brasil. A cidade de Piranguinho no sul do estado de Minas Gerais é famosa pela produção artesanal do tradicional pé de moleque mineiro, a qual tem como lema ser a capital nacional do pé de moleque. Piranguinho ainda tem se destacado no cenário nacional, através festa do maior pé de moleque do mundo, que já faz parte do calendário cultural de festividades do município.

Receita de Pé de Moleque

Ingredients – ingredientes

  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 2 xícaras de melado de cana
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de gengibre ralado
  • ¼ xícara (chá) de água
  • ½ kg de amendoim torrado, sem pele

Instructions – Modo de Preparo

  1. Leve ao fogo o açúcar, o melado, a manteiga, o gengibre e a água.
  2. Deixe ferver até ficar em ponto de bala mole (pingue um pouco em um prato com água fria; aperte com a ponta dos dedos, se formar uma ‘bala mole’ está no ponto).
  3. Junte o amendoim e vá mexendo sem parar, até aparecer o fundo da panela.
  4. Retire do fogo e bata bem.
  5. Despeje em mármore untado e corte em losangos.

Observações

O pé de moleque surgiu em meados do século XVI com a chegada da cana-de-açúcar à Capitania de São Vicente, trazida pelo navegante Martim Afonso de Sousa.

Nas regiões sul e sudeste do Brasil, o pé de moleque é um doce bastante relacionado às culturas caipira “QUEBRA DENTES” e na versão açoriana com mel de abelhas, mais delicado, e também mais caro, devido ao preço do mel de abelhas, e se relaciona ao pé de um moleque. Em outras regiões do Brasil, o doce sofre variações, com mistura da GARAPA AO MEL DE ABELHAS, nos ingredientes de sua fórmula. Na região nordeste do Brasil, em estados como Pernambuco e Alagoas, o pé de moleque é um bolo que faz parte da culinária junina, sempre que possível triturado ou servido na forma líquida, devido a GARAPA, ele também pode ser feito na base de massa de macaxeira acrescido de outros ingredientes como café, castanha, cravo, erva-doce entre outros,(em forma de bolo) sempre com o objetivo de quebrar a resistência da GARAPA.

Este pé de moleque é preparado com massa puba (massa de macaxeira que passou pelo processo de fermentação), açúcar, ovos, manteiga ou margarina, coco ralado e leite.

Após serem misturados todos os ingredientes, a massa é colocada em porções geralmente ao comprido e enrolada na folha verde da bananeira, e em seguida é assada no forno.

Finalmente, deve ser diferenciado de outros doces similares mas que não usam os mesmos ingredientes ou métodos tradicionais como a paçoca doce (que não é cozida), o gibi, o doce de leite com amendoim, o pé de moleque branco (que utiliza bicarbonato de sódio), etc.

Deixe sua opinião ou Comentário e não se esqueça de compartilhar seguir no pinterest, facebook, e twitter

Deixe sua opinião