Receita de Rabanadas Douradas ou Fidalgas

Rabanadas Douradas ou Fidalgas

Por favor, avalie essa Receita

Receita de Rabanadas Douradas ou Fidalgas aprenda como fazer um doce de pão de trigo (pão-de-forma baguete ou outro) em fatias que, depois de molhadas em leite, vinho (no Minho usa-se vinho verde tinto ou branco) ou calda de açúcar, são passadas por ovos e fritas.

Receita de Rabanadas Douradas ou Fidalgas

Receita de Rabanadas Douradas ou Fidalgas

Xtudoreceitas
Rabanadas Douradas ou Fidalgas aprenda como fazer um doce de pão de trigo (pão-de-forma baguete ou outro) em fatias que, depois de molhadas em leite, vinho (no Minho usa-se vinho verde tinto ou branco) ou calda de açúcar, são passadas por ovos e fritas.
Receita de Rabanadas Douradas ou Fidalgas
Tempo De Preparação 10 minutos
Tempo Do Cozinheiro 10 minutos
Tempo Total 20 minutos
Curso Pães
Cozinha Brasileira
Porções 12
Calorias 208 kcal

Ingredientes
  

  • 12 fatias de pão de véspera cacete
  • 500 ml de de leite
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 350 gramas de de açúcar
  • 2 unidades de paus de canela
  • 2 unidades de casquinhas de limão
  • 8 unidades de gemas
  • 1 unidades de clara de ovo
  • canela em pó a gosto
  • 1 cálice de vinho do Porto facultativo

Instruções
 

  • Leva-se o leite ao lume com manteiga, três colheres de sopa de açúcar, um pau de canela, uma casca de laranja e uma pitada de sal. Deixa-se ferver durante 5 minutos.
  • Passam-se as fatias por este leite e dispõem-se numa travessa ou sobre uma toalha para absorver o leite.
  • Noutro recipiente largo e baixo, leva-se o restante açúcar ao lume com 4 dl de água, um pau de canela e uma casca de limão. Deixa-se ferver durante 10 minutos.
  • Entretanto batem-se muito bem as gemas com a clara.
  • Passam-se as fatias de pão pelos ovos, introduzem-se duas a duas na calda de açúcar a ferver, e deixam-se cozer, primeiro de um lado depois do outro. Entre a cozedura de cada par de rabanadas, adiciona-se um cálice de água fria à calda.
  • Polvilham-se as rabanadas com canela e, finalmente, regam-se com a calda a que se adicionou um cálice de vinho do Porto. Servem-se no dia seguinte.

Notas

As rabanadas fazem parte de muitas mesas da consoada em Portugal, e em várias ceias do Brasil. Servem-se polvilhadas com açúcar de canela ou regadas com calda de açúcar, xarope de bordo ou mel. Outrora, a palavra “rabanada” era apenas utilizada a norte do rio Mondego e ao mesmo doce atribuía-se, a partir da margem sul do referido rio, o nome de fatia-dourada, ou fatia-de-parida. Em outros países são típicos nas celebrações de Espanha da Quaresma e Semana Santa e em várias partes do México, como Zacatecas.
Palavras-chave assada, caseiro, dourada, fidalga, natal, pão, rabanada, receita

As rabanadas fazem parte de muitas mesas da consoada em Portugal, e em várias ceias do Brasil. Servem-se polvilhadas com açúcar de canela ou regadas com calda de açúcar, xarope de bordo ou mel. Outrora, a palavra “rabanada” era apenas utilizada a norte do rio Mondego e ao mesmo doce atribuía-se, a partir da margem sul do referido rio, o nome de fatia-dourada, ou fatia-de-parida. Em outros países são típicos nas celebrações de Espanha da Quaresma e Semana Santa e em várias partes do México, como Zacatecas.

Rabanadas Douradas ou Fidalgas

Ingredients – ingredientes:

  • 12 fatias de pão de véspera (cacete)
  • 5 dl de leite
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 350 g de açúcar
  • 2 paus de canela
  • 2 casquinhas de limão
  • 8 gemas
  • 1 clara de ovo
  • canela em pó
  • 1 cálice de vinho do Porto (facultativo)

Instructions – Modo de Preparo

  1. Leva-se o leite ao lume com manteiga, três colheres de sopa de açúcar, um pau de canela, uma casca de laranja e uma pitada de sal. Deixa-se ferver durante 5 minutos.
  2. Passam-se as fatias por este leite e dispõem-se numa travessa ou sobre uma toalha para absorver o leite.
  3. Noutro recipiente largo e baixo, leva-se o restante açúcar ao lume com 4 dl de água, um pau de canela e uma casca de limão. Deixa-se ferver durante 10 minutos.
  4. Entretanto batem-se muito bem as gemas com a clara.
  5. Passam-se as fatias de pão pelos ovos, introduzem-se duas a duas na calda de açúcar a ferver, e deixam-se cozer, primeiro de um lado depois do outro. Entre a cozedura de cada par de rabanadas, adiciona-se um cálice de água fria à calda.
  6. Polvilham-se as rabanadas com canela e, finalmente, regam-se com a calda a que se adicionou um cálice de vinho do Porto. Servem-se no dia seguinte.

Deixe sua opinião ou Comentário e não se esqueça de compartilhar seguir no pinterest, facebook, e twitter

5/5 (1)