Sopa de Pedra

1
39
Receita de Sopa de Pedra
Receita de Sopa de Pedra

Receita de Sopa de Pedra, aprenda como fazer essa Sopa tipica Portuguesa, sopa de pedra é uma sopa típica da culinária dos lusitanos, em particular da cidade de Almeirim, situada no coração da região do Ribatejo, considerada a “capital da sopa da pedra”.

Ao contrário do que o nome indica, a sopa de pedra é uma sopa com muitos ingredientes, em que a “pedra” é apenas o “pretexto”, segundo a lenda do frade. Esta designação encontra-se em muitas culturas ocidentais e tem como base lendas e mitos.

Esta lenda deve à perda do conhecimento sobre a verdadeira utilização da pedra. Segundo conhecimentos muito ancestrais celtas, que passaram de boca em boca, especialmente em terras lusitanas, a pedra deverá ser especial, pois terá uma função.

Pelo motivo de, os lusitanos serem um povo muito orgulhoso, a função da pedra, só será explicada a quem o merecer. No entanto, pode-se acrescentar, que a ciência descobriu recentemente um curioso fato, algumas pedras absorvem facilmente neutrões.

Sopa de Pedra

Ingredients – ingredientes:

  • 250 ml de água
  • 1 kg de feijão vermelho
  • 1 orelha de porco
  • 1 chouriço de carne
  • 1 chouriço de sangue (morcela)
  • 200 g de toucinho
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 700g de batatas
  • 1 molho de coentros
  • Sal, louro e pimenta a gosto

Instructions – Modo de Preparo

  1. Ponha o feijão de molho de um dia para o outro.
  2. De véspera, escalde e raspe a orelha de porco de modo a ficar bem limpa.
  3. No próprio dia, leve o feijão a cozer em água, juntamente com a orelha, os enchidos, o toucinho, as cebolas, os dentes de alho e o louro.
  4. Tempere de sal e pimenta.
  5. Junte mais água, se for necessário.
  6. Quando as carnes e os enchidos estiverem cozidos, tire-os do fogo e corte-os em bocados.
  7. Junte, então, à panela as batatas, cortadas em cubinhos e os coentros bem picados.
  8. Deixe ferver lentamente até a batata estar cozida.
  9. Tire a panela do fogo e introduza as carnes previamente cortadas.
  10. No fundo da terrina onde vai servir a sopa coloque uma pedra bem lavada.

Observações

 A lenda da Sopa de Pedra

Um frade pobre, que andava em peregrinação, chegou a uma casa e, orgulhoso demais para simplesmente pedir comida, pediu aos donos da casa que lhe emprestassem uma panela para ele preparar uma sopa – de pedra… E tirou do seu bornal uma bela pedra lisa e bem lavada.

Os donos da casa ficaram curiosos e, de imediato, deixaram entrar o frade para a cozinha e deram-lhe a panela. O frade colocou a panela ao fogo só com a pedra, mas logo disse que era preciso temperar a sopa…

A dona da casa deu-lhe o sal, mas ele sugeriu que era melhor se fosse um bocado de chouriço ou toucinho. E lá foi o unto para junto da pedra.

Então, o frade perguntou se não tinham qualquer coisa para engrossar a sopa, como batatas ou feijão que tivessem restado da refeição anterior…

Assim se engrossou a sopa “de pedra”. Juntaram-se cenouras, mais a carne que estava junta com o feijão e, evidentemente, resultou numa excelente sopa.

Comeram juntos a sopa e, no final, o frade retirou cuidadosamente a pedra da panela, lavou-a e voltou a guardá-la no seu bornal… para a sopa seguinte

Gostou? Curta nossa Página no Facebook e no G+ Assim você não perde nossas novas receitas e dicas, compartilhe para que mais pessoas possam conhecer essa receita.

Sopa de Pedra
Prep Time
20 mins
Tempo de Cozimento
20 mins
Total Time
40 mins
 
Receita de Sopa de Pedra, aprenda como fazer essa Sopa tipica Portuguesa, sopa de pedra é uma sopa típica da culinária dos lusitanos, em particular da cidade de Almeirim, situada no coração da região do Ribatejo, considerada a "capital da sopa da pedra". Ao contrário do que o nome indica, a sopa de pedra é uma sopa com muitos ingredientes, em que a “pedra” é apenas o “pretexto”, segundo a lenda do frade. Esta designação encontra-se em muitas culturas ocidentais e tem como base lendas e mitos. Esta lenda deve à perda do conhecimento sobre a verdadeira utilização da pedra. Segundo conhecimentos muito ancestrais celtas, que passaram de boca em boca, especialmente em terras lusitanas, a pedra deverá ser especial, pois terá uma função. Pelo motivo de, os lusitanos serem um povo muito orgulhoso, a função da pedra, só será explicada a quem o merecer. No entanto, pode-se acrescentar, que a ciência descobriu recentemente um curioso fato, algumas pedras absorvem facilmente neutrões. Sopa de Pedra
Course: Principal
Cozinha: Brasileira
Servings: 20
Autor: Receitas Brasil
Ingredientes
  • 250 ml de água
  • 1 kg de feijão vermelho
  • 1 orelha de porco
  • 1 chouriço de carne
  • 1 chouriço de sangue morcela
  • 200 g de toucinho
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 700 g de batatas
  • 1 molho de coentros
  • Sal louro e pimenta a gosto
Modo de Preparo
  1. Ponha o feijão de molho de um dia para o outro.
  2. De véspera, escalde e raspe a orelha de porco de modo a ficar bem limpa.
  3. No próprio dia, leve o feijão a cozer em água, juntamente com a orelha, os enchidos, o toucinho, as cebolas, os dentes de alho e o louro.
  4. Tempere de sal e pimenta.
  5. Junte mais água, se for necessário.
  6. Quando as carnes e os enchidos estiverem cozidos, tire-os do fogo e corte-os em bocados.
  7. Junte, então, à panela as batatas, cortadas em cubinhos e os coentros bem picados.
  8. Deixe ferver lentamente até a batata estar cozida.
  9. Tire a panela do fogo e introduza as carnes previamente cortadas.
  10. No fundo da terrina onde vai servir a sopa coloque uma pedra bem lavada.
Notas da Receita

A lenda da Sopa de Pedra
Um frade pobre, que andava em peregrinação, chegou a uma casa e, orgulhoso demais para simplesmente pedir comida, pediu aos donos da casa que lhe emprestassem uma panela para ele preparar uma sopa – de pedra... E tirou do seu bornal uma bela pedra lisa e bem lavada.
Os donos da casa ficaram curiosos e, de imediato, deixaram entrar o frade para a cozinha e deram-lhe a panela. O frade colocou a panela ao fogo só com a pedra, mas logo disse que era preciso temperar a sopa...
A dona da casa deu-lhe o sal, mas ele sugeriu que era melhor se fosse um bocado de chouriço ou toucinho. E lá foi o unto para junto da pedra.
Então, o frade perguntou se não tinham qualquer coisa para engrossar a sopa, como batatas ou feijão que tivessem restado da refeição anterior...
Assim se engrossou a sopa “de pedra”. Juntaram-se cenouras, mais a carne que estava junta com o feijão e, evidentemente, resultou numa excelente sopa.
Comeram juntos a sopa e, no final, o frade retirou cuidadosamente a pedra da panela, lavou-a e voltou a guardá-la no seu bornal... para a sopa seguinte

[Total: 2    Média: 5/5]

Deixe seu Comentário...