Inicio Temperos e Condimentos

Temperos e Condimentos

Tempero é o nome que se dá ao conjunto de condimentos, cuja função é realçar o gosto do prato. Foram identificadas funções terapêuticas para alguns destes condimentos. São exemplos de temperos o sal, a canela, o coentro, o aneto, o alho, o louro, a pimenta e a salsa. Cada cultura , possui um tipo de tempero peculiar. O que é comum paraos indianos , pra nós , brasileiros soa um pouco forte . Os mexicanos também costumam exagerar nas especiarias . Há que diga que eles apimentam muito a comida . O que não é verdade . Eles não enchem de pimenta , e sim fazem um misto de temperos/condimentos que realçam bastante o sabor dos pratos . A isso chamamos de “ Acondimentar” Condimento é a substância (erva, legume, especiaria, sal, pimenta etc.) que é acrescentada a um alimento (antes, durante ou após o seu preparo ou na sua degustação), para emprestar-lhe sabor, aroma ou realçar o seu paladar. A utilização dos condimentos é muito variável, ou seja, vão ao encontro dos hábitos e tradições das regiões. A maioria destes ingredientes tem como origem as regiões do Oriente, Europa e Américas. A princípio, o sal-de-cozinha e as ervas e especiarias foram utilizadas para conservar os alimentos. Os condimentos podem ser classificados, entre outras categorias, em picantes: pimentas, pimentões, mostarda, curry, páprica, gengibre; ácidos: tomate, limão; especiarias: canela, cardamomo, cravo, cominho, noz moscada; ervas aromáticas: coentro, alecrim, cebolinha, salsa, hortelã, orégano, tomilho, aipo, manjericão; e bulbos: como alho, alho poro, cebola. Os condimentos são geralmente usados na culinária para modificar o sabor e o aroma dos alimentos e, também, para decorá-los. Além disso, têm em sua composição química elementos importantes para a saúde, como vitaminas e sais minerais, e princípios ativos específicos, possíveis de uso terapêutico, sendo utilizados por indústrias farmacêuticas na produção de elixires e soluções de uso tópico, entre outros.

Veja Tambem